Oficinas

LIVRE REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL 

 CHRISTIAN CASELLI 

 

Esta oficina tem o objetivo de desmistificar o fazer-cinema como o algo extremamente complicado e oneroso, valendo-se das novas tecnologias digitais. A partir da criação de roteiros práticos de ação, da exibição de filmes e aulas teóricas, serão selecionados projetos para serem realizados pelos alunos, que terão a missão de produzir filmes em menos de dez dias. Divididos em grupos, ele farão o que for necessário para realização dos curtas-metragens, que serão exibidos no último dia do Maranhão na Tela.

 

Christian Caselli se destacou no audiovisual alternativo carioca por sua produção acelerada: fez direção, roteiro e edição de cerca de 30 clipes e curtas de baixo orçamento. Seu filme mais conhecido é o viral O PARADOXO DA ESPERA DO ÔNIBUS. Trabalha atualmente na Mostra do Filme Livre (RJ) e no projeto Maranhão na Tela (MA), onde costuma atuar como professor de vídeo, artista videográfico (making ofs, vinhetas etc.) e curador de curtas e longas-metragens. Em 2013 foi instrutor de direção no projeto São Luís nos 4 Cantos.

 

DATA: de 23 a 31.01 – horário integral

LOCAL: ECI Museum - Espaço Artístico e Cultural Russso
End.: Rua 14 de julho, 20, Centro Histórico (Rua lateral à Escola de Música)

Nº de vagas: 20 (inscrição através de processo seletivo)
LISTA DE SELECIONADOS

 

 

ANIMAÇÃO

 ALEXANDRE JURUENA 

 

A oficina de animação tem como objetivo oferecer aos participantes o desenvolvimento da linguagem de Animação, através da utilização das técnicas de animação Stop Motion (animação com bonecos e objetos) e Pixilation (animação com pessoas). Durante a oficina, serão realizados exercícios audiovisuais experimentais, e será produzido um curta metragem coletivo, a partir de um roteiro criado pelos alunos.

 

Alexandre Juruena é animador, professor e se formou na Universidade Federal Fluminense. É diretor do festival internacional Anim!Arte, festival de animação que é voltado para o público estudantil e busca incentivar a cultura e o crescimento artístico na animação do Brasil. Com o festival, Alexandre une duas paixões: educação e animação. E mostra que é possível trabalhar conteúdos educativos através dessa linguagem audiovisual.

 

DATA: de 23 a 31.01 – horário integral

LOCAL: ECI Museum - Espaço Artístico e Cultural Russo
End.: Rua 14 de julho, 20, Centro Histórico (Rua lateral à Escola de Música)

Nº de vagas : 20 (inscrição através de processo seletivo)
LISTA DE SELECIONADOS

 

 

OFICINA CRIATIVA IMAGINAUTAS:  DESIGN EDUCACIONAL E MEDIAÇÃO CINEMATOGRÁFICA  

 GHUSTAVO TAVORA 

 

O objetivo da oficina é desenvolver um plano de "Documentação, Edição e Difusão Coletiva" para potencializar o registro e a memória do Maranhão na Tela através do conceito Imagiunauta. A ideia é também desenvolver diversas atividades "arteeducativas" de mediação entre o evento e seu público. As atividades acontecerão antes e após as sessões, gerando então um movimento de informação educativa sobre o conteúdo cinematográfico do festival. Cada filme ganhará uma atividade que será produzida e mediada pela Rede Imaginautas, extrapolando a "tela" do festival.  

 

Ghustavo Távora é designer educacional graduado pela Universidade Federal de Pernambuco, pesquisador do CNPq, artista visual e mobilizador de redes. Lida com design, processos criativos, inovações pedagógicas, educomunicação, intervencionismo urbano, mediação sócio-cultural, artes visuais e tecnologias de informação e comunicação ( TICs). Desenvolveu a Metodologia Imaginautas_ Rede Social "ArteEduComunicAtiva" e atua como extensionista em diversas instituições de Educação e Cultura. Foi consultor UNESCO|FUNDAJ em 2013, na linha de pesquisa: "Rede de Educação Criativa", como também já atuou em Festivais como: Virada Cultural de São Paulo, SBPC Jovem 2012 na UFMA, Festival Internacional de Cultura Popular Vozes de Mestres pelo CCBB Itinerante, entre outros.

 

DATA: 20 a 31.01 –  horário integral

LOCAL: Sala Multimidia – ( Odylo Costa Filho )

Nº de VAGAS: 20 (inscrição através de processo seletivo)
Resultado da seleção: 19/01

QUERO ME INSCREVER

 

 
 
 
 
MASTER CLASS  

 MURILO SALLES 

 

Neste encontro teremos um dos mais completos diretores do cinema brasileiro compartilhando suas experiências e conhecimentos. Será um bate-papo interativo onde serão abordadas as mais diversas questões sobre o universo do cinema.

 

Murilo Salles além de diretor de obras consagradas, também é um premiado diretor de fotografia e roteirista. Dirigiu 12 longas metragens, dentre eles Essas são as armas (1978), Nunca fomos tão felizes (1984), Faca de dois gumes (1989), Todos os corações do mundo (1996), Como nascem os anjos (1997), Seja o que Deus quiser! (2003), Nome próprio (Festival do Rio 2008), Aprendi a jogar com você (2013) e Passarinho lá de Nova Iorque (2014).

 

DATA: 23.01 - das 14h30 às 17h30

LOCAL: Cine Praia Grande

VAGAS: 100
Inscrições gratuitas no local, por ordem de chegada, uma hora antes da atividade.

 

ARGUMENTO  

 CAROLINA BENJAMIN 

 

Todo bom filme - seja ele fruto de um roteiro clássico ou com a narrativa mais aberta e menos estruturada - pressupõe um conceito elaborado e um trabalho de escrita bem desenvolvido. O argumento estabelece as bases e intenções de uma obra e, quando bem elaborado, permite que boas ideias transformem-se em um filme de qualidade. Neste curso, os participantes poderão expressar suas dúvidas e questões sobre a etapa inicial de conceituação do filme, e obter feedback sobre o que estão desenvolvendo.

 

Carolina Benjamin é roteirista, produtora e sócia da DAZA. Graduada em Comunicação Social pela PUC-Rio, Carolina concluiu curso livre de Roteiro Cinematográfico ministrado pela Escuela Internacional de Cine y Televisión de San Antonio de Los Baños, Cuba, e curso intensivo de Roteiro de Séries de TV, oferecido pelo Columbia Center Latin America com professores da Universidade de Columbia (EUA). Atualmente, desenvolve diversos novos projetos e acompanha outros já em pós produção como o documentário DIVINAS DIVAS, dirigido por Leandra Leal e contemplado pelo Edital LONGA DOC 2013 / MinC. É produtora e idealizadora do coletivo Operação Sonia Silk, que foram premiados com o Hubert Bals Funds (Holanda), tiveram sua estreia mundial no Festival Internacional de Rotterdam em 2013 e devem ser lançados em salas de cinema em janeiro de 2015. É também Diretora e curadora do “Festival Adaptação”, projeto que idealizou com o objetivo de ser um espaço de discussão e prática de roteiro, e que em 2015 terá sua 5a edição realizada.

 

DATA: 24 e 25.01 – das 10h00 às 17h00

(com intervalo de 1 hora para almoço)

LOCAL: Cine Praia Grande

VAGAS: 100
Inscrições gratuitas no local, por ordem de chegada, uma hora antes da atividade.

 

ELABORAÇÃO DE PROJETOS PARA LEI ESTADUAL
DE INCENTIVO A CULTURA 

 MAVI SIMÃO 

 

Com foco no audiovisual, o curso tem como objetivo apresentar a passo-a-passo para o enquadramento de projetos na Lei Estadual de Incentivo à Cultura, também conhecida como Lei do ICMS. O que é projeto incentivado? Como funciona a Lei Estadual de Incentivo à Cultura? Como lidar com a burocracia e as exigências da Lei? Quais as oportunidades e mercados para projetos audiovisuais incentivados? Entre essas e outras questões, o curso pretende desmistificar todo o processo de realização de um projeto audiovisual incentivado, da ideia à formatação, passando pela captação, execução e a prestação de contas.

 

Mavi Simão é bacharel em cinema pela Universidade Estácio de Sá, tem mais de 20 anos de experiência na elaboração, captação e gestão de projetos culturais. Iniciou sua carreira em 1993, realizando projetos na área de shows e eventos e, a partir de 1998 passou a se dedicar exclusivamente ao audiovisual. Foi Coordenadora de Núcleo de Criação no Canal Futura, onde era responsável pela gestão criativa e executiva de programas de TV. Em 2006 criou a Mil Ciclos Filmes, passando a dedicar-se a projetos na área do cinema, todos viabilizados através de leis de incentivo e editais.

 

DATA: 29 e 30.01 - das 10h00 às 13h00

LOCAL: Sala Multimídia (Odylo Costa Filho)

VAGAS: 60

Inscrições gratuitas no local, por ordem de chegada, uma hora antes da atividade.

 

 

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO

 ROBERTA SAUERBRONN 

 

Nas indústrias de cinema e televisão o produtor é a força motriz que tira um projeto do chão e o transforma em realidade. Ele precisa ser ao mesmo tempo, um artista criativo e uma pessoa de negócios organizada. Nesse curso vamos entender qual o papel do diretor de produção de um filme, conversar sobre a distribuição das funções dentro de uma equipe e traçar um panorama sobre os passos necessários para a realização de um projeto audiovisual. 

 

DATA: 26, 27 e 28.01 - das 14h00 às 17h00

LOCAL: Sala Multimídia (Odylo Costa Filho)

VAGAS: 60
Inscrições gratuitas no local, por ordem de chegada, uma hora antes da atividade.
 

 

ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO

 ROBERTA SAUERBRONN 

 

O curso de assistência de direção para cinema e TV vai fazer um apanhado das funções técnicas e criativas dos profissionais do departamento de direção em obras de ficção, compreendendo a distribuição das funções e papéis do 1º, 2º e 3º assistentes de direção dentro da equipe. Vamos conversar sobre métodos de organização de um filme, abordando a análise técnica do roteiro, a montagem da escaleta, o planejamento da filmagem, a elaboração da ordem do dia e a rotina de um dia no set. 

 

DATA: 26, 27 e 28.01, das 10h00 às 13h00

LOCAL: Sala Multimídia (Odylo Costa Filho)

VAGAS: 60
Inscrições gratuitas no local, por ordem de chegada, uma hora antes da atividade.

 

Roberta Sauerbronn é bacharel em cinema pela Universidade Federal Fluminense, e especializada em Film & TV Business pela FGV-Rio. Trabalha no mercado de cinema e produção cultural desde 1997, como diretora, produtora, assistente de direção e pesquisadora. Participou da realização de dezenas de curtas, médias e longas-metragens, festivais de cinema, shows, exposições de arte e séries de TV. Foi coordenadora de produção do Festival Brasileiro de Cinema Universitário, da Mostra Filmes de Bolso, e do Festival Maranhão na Tela. Trabalhou na produção de longas como, “On The Road”, da série de documentários para o Canal Futura ”Florestabilidade”, e o curta “A Distração de Ivan”, selecionado para a Semana de Realizadores do Festival de Cannes. Atualmente está tocando a produção de três longas metragens, “Quase Mil”, “Miss Presidiária” e “Meu Nome é Kátia Flávia”, além de duas séries de TV e algumas mostras de cinema.

 

 

DESENVOLVIMENTOS DE PROJETOS PARA
O FUNDO SETORIAL DO AUDIOVISUAL 

 MARCIO AZEVEDO 

 

Diferente do cenário de poucos anos atrás, hoje a indústria do audiovisual brasileiro é forte e está à frente da indústria farmacêutica e da indústria do turismo. Toda essa robustez se deve, em grande parte, ao financiamento da produção via Fundo Setorial do Audiovisual. Para estimular que o mercado local a inscrever projetos nas principais da chamadas públicas do FSA, o Maranhão na Tela traz pela 1ª vez, um curso que tem como objetivo apresentar e desmistificar esse importante mecanismo de fomento à produção.

 

DATA: 23.01 - das 18h00 às 21h00 e dia 24.01 - das 10h00 às 16h00

LOCAL: Sala Multimídia (Odylo Costa Filho)

VAGAS: 60
Inscrições gratuitas no local, por ordem de chegada, uma hora antes da atividade.

 

LABORATORIO DE ENQUADRAMENTO
DE PROJETOS NO FSA  

 MARCIO AZEVEDO 

 

Com apenas 10 vagas, esse laboratório tem o objetivo de oferecer consultoria a profissionais que já possuem projetos e pretendem enquadra-los nas linhas de financiamento do Fundo Setorial. Após passarem pelos critérios avaliatórios para participar do laboratório, os projetos serão orientados de forma personalizada, visando esclarecer as principais questões relativas ao enquadramento no FSA.

 

Márcio Azevedo está desde 1996 no setor audiovisual. Formou-se em Cinema pela UFF – Universidade Federal Fluminense em 2002 atuou como diretor, diretor de fotografia, Coordenador Geral de Produção e Gerente de projetos audiovisuais. Desde 2010 presta serviços para a ANCINE na Coordenação de Gestão Física e Financeira. Foi Professor dos Cursos Formatação de Projetos Para Inscrição No Fundo Setorial do Audiovisual, edições do Rio e São Paulo, em 2012 e 2013; e FSA: Novas linhas para TV, Cinema e Desenvolvimento de Projetos em 2014. Atua também como consultor audiovisual.

 

DATA: 25.01, das 10h00 às 18h00 (com intervalo de 1 hora para almoço)

LOCAL: Sala Multimídia (Odylo Costa Filho)

VAGAS: 10 (inscrições via seleção de projetos)

 

 

A ESTRATÉGIA DA PRODUÇÃO EXECUTIVA

 TUINHO SCHWARTZ 

 

Da ideia ao projeto realizado, este curso abordará de forma bastante abrangente quais as principais estratégias de um bom produtor executivo. Direitos autorais e registro de obras, recursos para desenvolvimento, conceito e dimensionamento do projeto e ainda, análise técnica, plano de filmagem, desenho de produção, orçamento, leis de incentivo fiscal no Brasil, entre outras questões fundamentais com as quais lida esse profissional.

 

Tuinho Schwartz trabalhou em mais de 50 filmes de longa metragem e centenas de projetos em diferentes formatos; produtor executivo de filmes como O Que É Isso Companheiro e Bossa Nova, de Bruno Barreto e For All, de Luiz Carlos Lacerda e Buza Ferraz, trabalhou com grandes diretores e atores internacionais. Em 2002 fundou a Focus Films que produz seus próprios projetos e presta serviços de produção para o mercado audiovisual internacional. Produziu os filmes “A Luneta do Tempo”, de Alceu Valença e o documentário RIO ANOS 70, que será lançado em 2015.

 

DATA: 29 e 30.01 - das 15h00 às 18h00

LOCAL: Sala Multimídia (Odylo)

VAGAS: 60
Inscrições gratuitas no local, por ordem de chegada, uma hora antes da atividade.
 

 

 

 

 

Cursos teóricos