MOSTRA PANORAMA DOC BRASIL

MEXEU COM UMA, MEXEU COM TODAS

71', 2017

 

Sinopse: Através de depoimentos de mulheres que passaram por situações de violência, Mexeu com uma, Mexeu com todas revela que, apesar de conquistas legais, a mulher ainda permanece em situação de vulnerabilidade. Depoentes como a farmacêutica Maria da Penha, a nadadora Joanna Maranhão, a ex-modelo Luíza Brunet, a escritora Clara Averbuck e várias outras mulheres constroem suas narrativas. 

 

Direção, Produção e Argumento: Sandra Werneck

Diretor Assistente: Luiz Fernando Orofino 

Produção Executiva: Tânia Luz 

Direção de Fotografia: Andrea Capella (RJ) e Helô Passos (SP) 

Edição: Maria Altberg, Edt 

Trilha Sonora: João Nabuco Finalização: Marcelo Pedrazzi 

Dia: 16.08, às 20h

Local: Teatro Alcione Nazareth

Classificação indicativa: 12 anos

UM PASSAPORTE HÚNGARO

71’, 2002

 

Sinopse: “Um Passaporte Húngaro” vai atrás do significado das identidades, do que a constrói: os documentos, a família, a história, uma herança. Com um pedido de passaporte húngaro da diretora brasileira, o filme retrata parte da história de uma família. Como muitas, ela é dividida em dois mundos e dois exílios, entre os que se foram e os que ficaram.

Direção e Roteiro: Sandra Kogut

Produção Executiva: Marcello Maia

Produção: Marcello Maia e República Pureza

Fotografia: Florent Jullien, Florian Bouchet

 

Dia: 17.08, às 19h30

Local: Teatro Alcione Nazareth

Classificação indicativa: 14 anos

CAPOEIRA, UM PASSO A DOIS

72’, 2016

Sinopse: Dois capoeiristas partem numa jornada pelo mundo para conhecer a capoeira de outros paises. Juntos, eles cruzam a Europa, passam por Israel, Índia, EUA, Japão e Indonésia. Itapuã faz performances e Ella registra com sua câmera cada passo dessa aventura. O contato com diferentes culturas desperta em Ella o desejo de romper com sua condição de discípula. À medida em que Ella sai de trás das câmeras, a relação com seu mestre se transforma.

LUANA MUNIZ – FILHA DA LUA

76', 2017

Sinopse: “Travesti não é bagunça!”. Com esse bordão, Luana Muniz se tornou conhecida no Brasil inteiro. Ela sai de cena na Rua Mem de Sá e protagoniza um documentário que revela a vida da “Rainha da Lapa”, da infância aos seus últimos dias em 2017. Luana era prostituta, artista, presidente do sindicato de travestis, ativista humanitária e administrava um casarão que hospeda travestis na Lapa. Já foi entrevistada em diversos programas dentro e fora do país e estampou manchetes ao posar para fotos ao lado do Padre Fabio de Melo.

 

Direção: Rian Córdova e Leonardo Menezes

Produção Executiva: Rian Córdova e Leonardo Menezes

Produção: Denilson Vieira e Conceição Gomes

Motion Arts: Marcelo Antonio

Montagem: Luisa Breda

 

Dia: 18.08, às 19h30

Local: Teatro Alcione Nazareth

Classificação indicativa: 18 anos

Direção: Jorge Itapuã

Elenco: Isabél Zuaa, Nestor Capoeira e Jorge Itapuã

Roteiro: Carol Benjamin

Montagem: Jorge Itapuã, Rodrigo Savastano e Yan Motta

Finalização: Afinal Filmes  

Produção Executiva: Carol Benjamin, Danielle Villanova e João Prates Correia Produtora Associada: Rose La Creta

Produtores: Carol Benjamin, Jorge Itapuã, Leandra Leal e Rita Toledo Produzido por Daza Filmes  

Dia: 19.08, às 19h30

Local: Teatro Alcione Nazareth

Classificação indicativa: Livre